19 de out de 2010

Filled Under: , ,

Manual redução de danos

Apresentação

Introdução

Objetivo Geral

1- Introdução – Ética, Direitos Humanos e Cidadania

2 – Vulnerabilidade X uso de drogas X DST/AISD


3 - DST e as relações com as drogas

4 - Epidemiologia do consumo das substâncias psicoativas


4.2- Dependência de Álcool – O maior problema de saúde pública

4.3 - Dados sobre o Consumo de Substâncias Psicoativas

5 Drogas e sociedade

5.1- Tipos de Usuarios
5.2 - Tipos de Drogas
5.3 - Categorizando as Drogas
5.4 - Classificação das Drogas
5.4.1. Estimulantes
5.4.2. Depressora
5.4.3. Perturbadoras
5.5 - Drogas, sociedade e cultura

6 Redução de Danos
6.1 Conceito de redução de danos
6.2 Por que fazer Redução de Danos?
6.3 Alguns pontos importantes que justificam a utilização de RD
6.4 Antigos e Novos Paradigmas
6.5 Histórico da Redução de Danos
6.6 O Trabalho de Campo
6.7 Abordagem de campo
6.7.1 Técnicas de Abordagens
6.7.2 Possib. de interv. Preventivas – Metodologia Face a Face
6.8 Mapeamento
6.8.1 Mobilidade
6.9 Colaboradores
6.10 Insumos
6.11 Kits
6.12 Biosegurança
6.13 Aconselhamento e encaminhamento
6.14 Relatório de campo
6.15 Mensagens importantes para os agentes de saúde

7 A import. das parcerias e das unid. de atend. em saúde pública

8 Bibliografia

9. Anexos
Anexo I Portaria GM n° 1.028/2005
Anexo II – Nova legislação sobre drogas - um olhar crítico
Anexo III – .Carta Norte de Redução de Danos
Anexo IV – Relatório de Campo

0 comentários:

Postar um comentário